Exposição "A Natureza do Fotógrafo"

07/08/14 a 01/09/14

 

Numa época em que somos bombardeados por um fluxo constante de imagens irrelevantes, produzidas e compartilhadas instantaneamente por qualquer indivíduo com um aparelho celular nas mãos, a natureza – aqui usada no sentido de essência – dos fotógrafos apresentados nesta exibição faz um contraponto efetivo. Reunidos aqui estão sete profissionais cuja motivação é apresentar, de forma contundente, as transformações que ocorrem no mundo. Esses fotógrafos se distinguem por produzir reportagens visuais elaboradas, fundamentadas em pesquisas e estudos científicos, e executadas com dedicação, criatividade, paciência, e, sobretudo, com muito tempo passado em campo.

Érico Hiller viajou pelo planeta, e, num expressivo ensaio apresenta sua visão dos locais e populações mais ameaçados pelas mudanças climáticas. Ao longo de doze anos, Rodrigo Baleia sobrevoou a Amazônia, a fim de acompanhar o avanço da agricultura e da pecuária sobre a floresta. Essa mesma região tem seus habitantes documentados por Maurício de Paiva, que há dez anos estuda e testemunha o modo de vida dos ribeirinhos e sua relação com o entorno. Luciano Candisani contabilizou inúmeras e desconfortáveis horas embaixo d-água para expor a riqueza e a fragilidade da biodiversidade nos rios brasileiros. Quanto mais difícil e inacessível um ambiente, maior o interesse de João Marcos Rosa em explorá-lo: escaladas, noites passadas no alto de árvores muitos metros acima do solo, tudo para chegar o mais perto possível de espécies raras e ameaçadas de extinção. A paisagem ao redor nem sempre é bela e estimulante, que o diga Izan Petterle, que extraiu força visual da aridez e do sofrimento, ao mostrar o ciclo destrutivo da indústria siderúrgica na Amazônia. Desafio semelhante teve Victor Moriyama, que, ao investigar um desolador depósito de carros abandonados para uma reportagem, produziu um conjunto de imagens surpreendente e insólito.

Todo esse esforço resulta num impactante conjunto de imagens, capaz de levar a reflexões e de influenciar a maneira como observamos o planeta.

ÉRICO HILLER

Érico Hiller é formado em Comunicação Social (ESPM) e tem pós-graduação em Fotografia (SENAC). Há dez anos atua como fotógrafo independente, colaborando para publicações como: National Geographic Brasil, Lonely Planet, Rolling Stone,Trip, TAM nas Nuvens, GOL, Horizonte Geográfico, Casa Vogue e Marie Claire. Apaixonado por design, artes, arquitetura e cinema, Érico escolheu a fotografia como forma de se expressar e de documentar histórias. Seus projetos ao redor do planeta apresentam temáticas humanitárias. Publicou os livros Emergentes e Ameaçados – lugares em risco no século 21.

www.ericohiller.com.br

IZAN PETTERLE

Viajante desde a juventude, o ex-fazendeiro gaúcho Izan Petterle decidiu se tornar fotógrafo aos 40 anos. Os tempos de andança contribuíram para afinar seu olhar de documentarista. É colaborador da National Geographic Brasil desde seu lançamento e recebeu quatro vezes o Prêmio Abril de Jornalismo por trabalhos produzidos para a revista. Teve fotos publicadas na edição americana da National Geographic e em publicações como Caminhos da Terra, Nova Escola, Elle e Marie Claire. Izan tem dois livros publicados: Cuba de Che e Caubóis do Pantanal.

JOÃO MARCOS ROSA

João Marcos Rosa começou sua carreira em 1998, documentando a cultura e a biodiversidade brasileiras. Graduado em Jornalismo (UNI-BH), com pós-graduação em Políticas Culturais (PUC-SP), se especializou em registrar temas ligados à vida selvagem e à conservação, trabalhos que o levaram a percorrer o mundo. Suas fotografias foram publicadas em revistas como National Geographic Brasil, GEO,BBC Wildlife e Terra Mater. Produz imagens para organizações como Greenpeace, Birdlife, Biodiversitas e ICMBio. É um dos sócios da agência de fotografias Nitro Imagens e autor dos livros Harpia e Fauna de Carajás.

www.nitroimagens.com.br

LUCIANO CANDISANI

O fotógrafo Luciano Candisani é reconhecido pelo estilo peculiar de trazer informação jornalística em composições de forte poder estético. Começou a carreira fotografando expedições científicas, enquanto era estudante de Biologia, na Universidade de São Paulo. Há 17 anos produz reportagens sobre biodiversidade e conservação para importantes publicações, entre elas as edições americana e brasileira da National Geographic. Em 2007 foi nomeado membro da ILCP, organização que reúne os principais fotógrafos de natureza do mundo, e, em 2012 recebeu o primeiro prêmio em uma categoria do prestigioso Wildlife Photographer of the Year. Autor de sete livros, entre eles Atol das Rocas, Arara-azule Pantanal, na linha-d’água.

www.lucianocandisani.com

MAURÍCIO DE PAIVA

Maurício de Paiva é fotógrafo documentarista independente. Graduado em Comunicação Social (Univ. Anhembi Morumbi), estudou desenho e história em quadrinhos, foi aluno de Antropologia Visual (LISA/USP) e de Arqueologia na floresta tropical (MAE/USP). Colaborador da National Geographic Brasil, tem passagens pelo jornal Folha de São Paulo e pelas revistas Época, Rolling Stone,Science Illustrated Magazine, Greenpeace Magazine, entre outras. Maurício fotografa, apura e pesquisa na bacia amazônica há 10 anos. É autor dos livrosAmazônia Antiga – Arqueologia no entorno, Futebol na Amazônia, Imagem e Alarido e Rufar dos Tambores, Imagens e Encontros Afroamapaenses.

RODRIGO BALEIA

Fotojornalista ambiental, Rodrigo Baleia é colaborador da revista National Geographic Brasil desde 2001. Produz trabalhos para as agências de notíciasFolhapress (Grupo Folha de São Paulo) e Getty Images e para a Reuters TV. Já publicou em vários veículos da imprensa internacional como The New York Times,The Guardian, The Washington Post, L’Express e National Geographic News. Entre 2000 e 2012 realizou uma série de trabalhos sobrevoando a Amazônia a bordo de um monomotor. Atualmente baseado no Rio Grande do Sul, vem se dedicando à documentação de espécies e biomas ameaçados na região sul do Brasil.

www.rodrigobaleia.com.br

VICTOR MORIYAMA

Victor Moriyama é fotojornalista e documentarista visual desde 2006. Formado em Comunicação Social (Cásper Líbero), estudou Sociologia na Universidade Sorbonne, Nanterre, em Paris, onde teve os primeiros contatos com a fotografia documental. Suas reportagens abordam temáticas sociais, conflitos ambientais e urbanos. É colaborador das agências Reuters e Getty Images, da revista National Geographic Brasil e do portal de jornalismo ambiental O Eco. Tem trabalhos publicados em veículos como: Folha de São Paulo, Al Jazeera, The Guardian, Time Magazine,Boston Globe, Wall Street Journal, entre outros.

www.xibeimage.com